Pau dos Ferros: Qual o tom do discurso de Fabrício e Leonardo?

Cada eleição tem suas particularidades. A deste ano, por exemplo, tem como principais mudanças nas regras a redução no tempo de campanha, de noventa para quarenta e cinco dias, e o fim das doações feitas por pessoas jurídicas.

Do ponto de vista da comunicação, esta vai ser uma campanha onde as redes sociais serão muito utilizadas pelos candidatos.

Mas e o discurso? Como vão se comportar os candidatos?

Em Pau dos Ferros, o prefeito Fabrício Torquato deve manter o discurso da humildade, o de quem nunca viu a política como um emprego.

Já o ex-prefeito Leonardo Rego parece não mudar o tom: quem for aliado vai ser tratado como uma pessoa boa; se for adversário aí já não presta. Há também a chance de se for adversário e aderir ao grupo liderado por ele, passar a ser bom. Um erro que Leonardo já deveria ter corrigido.

Comentários (0)