Pau dos Ferros: Câmara começa a sessão mais esperada do ano

Sessão é acompanhado por bom público

Começou há pouco a sessão da Câmara Municipal de Pau dos Ferros que define sobre a anulação ou não da eleição da mesa diretora para o biênio 2015/2016 e que elegeu o vereador Gilson Rêgo (DEM) para a presidência. Como já era esperado, a sessão segue bem prestigiada pela população.

A qualquer momento o blog volta com mais informações.

Foto: Franskin Leite

Publicidade

Pau dos Ferros: Leonardo adere ao “quem não é ouvido, não é lembrado”

DSC_2985 leo 03

O que anda acontecendo com o ex-prefeito Leonardo Rêgo? Em apenas quatro dias já são dois pronunciamentos no rádio. Qual a justificativa para Leonardo emitir opinião sobre tudo, de maneira quase diária? É como se Leonardo reinventasse o ditado popular “quem não é visto- no caso ouvido, não é lembrado”.

Desde que chegou a Pau dos Ferros – em 2004, Leonardo conviveu politicamente numa espécie de zona de conforto, pois nada parecia abalar sua liderança. Foram dois mandatos e mesmo quando deixou a prefeitura chegou a liderar a maior parte dos vereadores. A realidade, porém, hoje é outra. Dos nove vereadores, apenas três seguem orientação do ex-prefeito.

A defesa do ex-prefeito ao vereador Gilson Rêgo, no caso de uma possível anulação da eleição de Gilson à presidência da Câmara, é legítima, mas não a forma como ela acontece.

O resultado das urnas não só impôs uma derrota, também mostrou a Leonardo que era preciso muito mais do que recomeçar. Talvez o  ex-prefeito já saiba que vai ser necessário se reinventar.

 

 

Publicidade

Pau dos Ferros: Sessão da Câmara Municipal promete ser tensa

A sessão na Câmara Municipal de Pau dos Ferros, nesta quinta-feira (20), promete ser acalorada. O tempero para mudar o ambiente rotineiro das sessões mornas e sem público? Tornar nula a eleição da Mesa Diretora, para o biênio 2015/2016, que elegeu o vereador Gilson Rêgo para a presidência.

A solicitação deve se basear numa possível ilegalidade no processo eleitoral, uma vez que o vereador Edgar Queiroz não teve o direito de votar e consequentemente de ser votado.Uma realidade que de alguma maneira parece ir de encontro ao regimento da Casa.

Ao blog, o vereador Gilson Rêgo disse não acreditar nesta possibilidade de anulação. De acordo com o vereador, não há fundamentação jurídica.

Ingredientes não faltam para acompanhar a sessão desta quinta-feira na Casa do povo

Edgar não votou nem pôde ser votado

Edgar não votou nem pôde ser votado

Presidência de Gilson fica ameaçada

Presidência de Gilson fica ameaçada

Fotos: facebook Câmara Municpal
Publicidade

Pau dos Ferros: Residência de Elias Fernandes é arrombada

Elias não estava na residência

A residência do ex-deputado estadual, Elias Fernandes, foi arrombada na madrugada desta terça-feira (18), em Pau dos Ferros. De acordo com a polícia, alguns objetos de valor foram levados. A ousadia ainda permitiu que os assaltantes pudessem degustar doces que havia na geladeira.

No momento do arrombamento não havia ninguém na casa, já que  a residência, localizada numa das principais avenidas, no centro de Pau dos Ferros, só é utilizada pelo ex-deputado ou familiares esporadicamente.

Foto: tribunadonorte.com.br

Publicidade

TSE avalia criação de 21 partidos. Um deles é a oportunidade para Fabrício buscar a reeleição

10418531_732147593545544_6345106264470115990_n

Prefeito deve buscar nova sigla para disputar reeleição

O Tribunal Superior Eleitoral contabiliza 21 pedidos de criação de novos partidos. Entre estas novas siglas estão a Ação Libertadora Nacional, Partido da Construção Imperial, Libertários, dos Servidores Públicos e Trabalhadores da Iniciativa Privada e o Partido da Organização da Vanguarda Operacional (POVO), uma nova ARENA e, acreditem, até o Partido Pirata do Brasil.

As novas legendas buscam as assinaturas, por determinação do tribunal, e já têm o registro em cartório de Estados.

A REDE, de Marina Silva, que retomou a coleta nacional de assinaturas complementares para se validar, e o Partido Liberal Brasileiro, um novo PL, seguem em análise.

Uma dessas novas legendas é a oportunidade para os insatisfeitos trocarem de partido, inclusive o prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato. Filiado ao DEM, Fabrício já sabe que a legenda não vai apoiar sua reeleição em 2016.

Foto: facebook.com/fabriciotorquato
Publicidade