Encontro Nacional das Juntas Comerciais é aberto em Natal

A presidente da Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Norte (Jucern) Sâmya Bastos, abriu na noite desta quarta-feira (23) a terceira edição do Encontro Nacional das Juntas Comerciais (ENAJ) 2016. O evento aconteceu na Pinacoteca do Estado, localizada na Cidade Alta, e contou com a presença de representantes de 25 estados brasileiros.

Acompanhada do presidente da Associação Nacional dos Presidentes de Juntas Comerciais (AnprejI, Ardisson Naim Akra; do titular da Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa, José Ricardo Veiga; do governador do estado, Robinson Faria; entre outras autoridades do setor empresarial e das pastas estaduais, a presidente da Jucern destacou a responsabilidade de sediar um evento desse porte, considerando o sucesso dos ENAJs anteriores.

Homenageada da noite pelos servidores da Jucern, Sâmya Bastos falou, ainda, do momento que vive a Jucern com a implantação do programa Junta Digital, que possibilitou o atendimento em no máximo 24 horas dos principais serviços prestados pela Junta, além de outras conquistas. “Finalizamos o processo de integração de todos os órgãos estaduais da REDESIM, inauguramos recentemente o Escritório do Empreendedor, projeto tão importante para o incentivo ao empreendedorismo do nosso estado”, elencou.

Na ocasião, também foi assinado o contrato de gestão do programa Fácil RN entre a Jucern e o Governo do Estado. “Em meio a essa crise, o programa vai possibilitar novas oportunidades para os empreendedores do estado”, disse o chefe do Executivo estadual Robinson Faria. O programa vai tratar não somente do processo de abertura, alteração e baixa de empresas, mas também da relação estabelecida durante a manutenção da atividade empresarial, aproveitando ao máximo os recursos tecnológicos para melhoria da relação do Estado com as empresas potiguares.

O titular da Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa, José Ricardo Veiga destacou que um evento que reúne as Juntas Comerciais de todo o país para falar sobre o fomento ao empreendedorismo é sempre de especial relevância. “Além de ser um órgão de registro, as Juntas proporcionam segurança jurídica aos empreendedores, então é sempre importante um evento como esse, em que a gente se encontra buscando repensar o nosso papel como protagonistas do desenvolvimento do empreendedorismo”, disse.
Comentários (0)